O assunto mais comentado da semana foi o anúncio do noivado do príncipe Harry, monarca solteirão mais cobiçado do mundo. rs Ele se casa em maio do próximo ano com a atriz norte-americana Meghan Markle e deixou todas nós ansiosas por mais um casamento real! A cerimônia será realizada na capela do Palácio de Windsor e será transmitida ao vivo para todo o mundo. Esse é o maior casamento real da monarquia inglesa desde o enlace do príncipe William com Kate Middleton.

O anel de noivado é para deixar qualquer uma babando! A pedra central é um diamante de Botsuana, país africano em que Harry realiza trabalhos voluntários. E as pedras laterais são da coleção pessoal de sua mãe, princesa Diana. Que tal?

Para entrar no clima, preparei esse post com alguns dos casamentos mais marcantes da realeza. Quer saber quais são?

A rainha Victoria era completamente apaixonada por Albert, seu primo. Como ela era a monarca, o pedido de casamento teve que partir dela. Em 1840 Victoria casou-se com Albert, no que ficou conhecido como um dos primeiros casamentos por amor da monarquia. Para a ocasião, a rainha elegeu um modelo branco para provar a pureza de seu amor por Albert. Esse não era um costume da época mas, a partir daí, as mulheres começaram a usar branco no dia do casamento e eis que surgiu essa tradição. O casal permaneceu junto até a morte de Albert, em 1861. Profundamente abalada pela perda, a rainha entrou em luto profundo, usando apenas roupas pretas até o fim de sua vida, em 1901.

Após ter encontrado com Philip 3 vezes em sua vida, Elizabeth declarou, aos 13 anos de idade, que estava completamente apaixonada por ele. Em julho de 1947 anunciaram o noivado e em novembro do mesmo ano subiram ao altar. O casamento, porém, foi marcado por controvérsias, pois Philip não tinha situação financeira e era estrangeiro. Antes do grande dia, ele renunciou aos seus títulos reais e converteu-se ao anglicanismo. E a união segue firme e forte: recentemente o casal completou 70 anos de casados.

Atriz hollywoodiana de sucesso e vencedora de Oscar e Globo de Ouro, Grace Kelly abandonou a carreira para se casar com o príncipe Rainier Louis, de Mônaco. Os dois se conheceram no Festival de Cannes em 1955 e, após um segundo encontro, o príncipe pediu Grace em casamento. No ano seguinte, subiram ao altar. Mais de 60 anos depois, o vestido usado por Grace continua a ser inspiração para várias noivinhas.

Descendente de aristocratas britânicos, Diana conhecia Charles há anos porém, devido à diferença de idade  (12 anos), tornaram-se próximos em 1980, quando ela tinha 19 anos e ele, 31. Seis meses depois de se aproximarem, o príncipe pediu a mão de Diana em casamento em fevereiro de 1981 e os dois casaram-se em julho do mesmo ano. A cerimônia foi assistida por aproximadamente 1 bilhão de pessoas ao redor do mundo! Porém após alguns anos, o casamento entrou em crise e o casal se separou em dezembro de 1992, com o divórcio sendo finalizado em 1996. A popularidade de Diana era tanta que foi permitido que ela mantivesse o título de Princesa de Gales após o divórcio.

Jornalista e âncora, Letizia conheceu o príncipe Filipe em 2002 e em novembro de 2003 o noivado foi anunciado. Em maio do ano seguinte casaram-se em Madrid e ela tornou-se Princesa das Astúrias. Em 2014 o rei Juan Carlos abdicou o trono em favor de seu filho Filipe e o casal tornou-se Rei e Rainha da Espanha.

Filha de empresários, Kate conheceu o príncipe William na Universidade de St. Andrews na Escócia, em 2001, quando estudava História da Arte. Começaram a namorar em 2003 e confirmaram o relacionamento em 2004. Em novembro de 2010 anunciaram o noivado e casaram-se em abril do próximo ano. O casamento foi assistido por 2,5 bilhões de pessoas ao redor do mundo e milhares armaram barracas em frente à Abadia de Westminster, local da cerimônia, dias antes do enlace. Horas mais tarde do mesmo dia, vestidos inspirados no modelo da duquesa já estavam à venda. Atualmente, o casal espera o terceiro filho.

Sul africana e ex-nadadora olímpica, Charlene conheceu o príncipe Albert em 2000, quando esteve em Mônaco para uma competição de natação. Em junho de 2010 o casal ficou noivo e casaram-se em julho de 2011, quando Charlene tornou-se Princesa de Mônaco, título antes ocupado pela mãe de Albert, Grace Kelly. Dizem as más línguas que Charlene tentou fugir dias antes do casamento ao descobrir que Albert era pai de um filho ilegítimo. Porém nada nunca foi confirmado…

Quando o namoro do príncipe Carl Philip com Sofia tornou-se público, ele foi amplamente desaprovado pelos suecos pois ela era ex stripper, ex atriz pornô, ex participante de reality show e já havia posado seminua. Dizem que a casa real sueca também desaprovou a união no início. Porém o namoro seguiu firme e forte, com Sofia dedicando-se a várias causas sociais  e em 2014 o noivado foi anunciado e, em junho do ano seguinte, o casal subiu ao altar. Eles são pais de dois meninos.

POSTS RELACIONADOS